O deputado estadual Barros Munhoz comemorou a conclusão das obras de desassoreamento da Lagoa do Cavalinho Branco, em Águas de Lindóia. Os trabalhos iniciados em outubro pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) do Estado de São Paulo foram concluídos em janeiro, resultando na remoção de mais de 30 mil metros cúbicos de sedimentos que estavam depositados no fundo da lagoa. Com isso, a capacidade de abastecimento da lagoa foi elevada para aproximadamente 80%.

A drenagem foi conseguida junto ao Governo do Estado por meio de um trabalho de Munhoz, que apresentou a extrema necessidade das obras ao então secretário estadual de Recursos Hídricos, Ricardo Borsari. Atendendo a pleitos do prefeito Gil Helou, Munhoz batalhou para a realização do trabalho que tem grande importância para o abastecimento da cidade. O investimento foi de R$ 1,36 milhão.

A lagoa do Cavalinho Branco conta com um espelho d’água de aproximadamente 34 mil metros quadrados e fornece 150 mil litros/hora de água para abastecer os imóveis de Águas de Lindóia. “Essa foi uma demanda que o prefeito Gil Helou me apresentou e que tinha urgência para ser realizada. O desassoreamento da lagoa do Cavalinho Branco beneficia toda a cidade, pois é dela que sai a água para o abastecimento das casas e dos comércios”, comentou o deputado.

Vale lembrar que, antes do desassoreamento, a lagoa chegou a operar com 20% de sua capacidade, afetando diretamente o fornecimento de água na cidade.  O superintendente do DAAE, Francisco Eduardo Loducca, também destacou a importância da obra. “Águas de Lindóia é um importante polo de lazer e turismo e a limpeza e o desassoreamento da Lagoa do Cavalinho Branco contribui para aumentar a capacidade de abastecimento de água e melhor atender os visitantes”, frisou.