O deputado estadual Barros Munhoz (PSDB), líder do governo paulista na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), participou na tarde da última quarta-feira (7) da assinatura do contrato para a construção de duas barragens na nossa região, sendo uma em Pedreira e outra em Amparo. Na ocasião, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou o financiamento e autorizou as licitações para as obras que beneficiarão diretamente mais de 5,5 milhões de habitantes em 22 municípios da região.

O evento aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Marcaram presença ainda o prefeito de Amparo, Luiz Oscar Vitale Jacob (PSDB), o superintendente do DAAE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), Ricardo Borsari e o secretário estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Benedito Braga, entre outras autoridades. Munhoz comemorou a conquista para a região representada pelas duas barragens, que têm como objetivo criar uma reserva hídrica estratégica na bacia hidrográfica abaixo do Sistema Cantareira e aprimorar sua operação especialmente em épocas de estiagem. “Essa é uma obra extraordinária, espetacular. Água é uma questão vital para a humanidade toda. O governo do Estado investe maciçamente em nossa região, com projetos inovadores, feitos pelos maiores especialistas no assunto do mundo todo. Essas barragens vão melhorar muito o abastecimento em Campinas e em várias outras cidades da região. Dá orgulho fazer parte do governo de Geraldo Alckmin”, disse o parlamentar.

De acordo com Munhoz, as barragens também serão importantes como instrumentos de desenvolvimento turístico. Durante o evento, o governador também falou sobre as obras. “Nós teremos uma capacidade quase dobrada para o abastecimento de Campinas. E com a obra concluída, vai trazer também mais segurança hídrica para toda a Região Metropolitana de Campinas”, disse Alckmin. Além das duas barragens, ele também anunciou a construção de um piscinão em Guarulhos, que tem por objetivo acumular águas da chuva e reduzir o risco de alagamentos na região vizinha ao Aeroporto Internacional. O investimento total nas três obras chega a R$ 939,7 milhões – sendo R$ 782 milhões destinados às barragens.

Em Pedreira, o novo reservatório ocupará uma área de 4,3 km² no Rio Jaguari, om capacidade de acumular 31,9 milhões m³ de água. As comportas vão permitir uma vazão regularizada de 8,5 mil litros por segundo. Já o reservatório Duas Pontes, em Amparo, receberá as águas do Rio Camanducaia e deverá ocupar uma área de 8,8 km², com capacidade para 53,4 milhões m³ e vazão regularizada de 8,7 mil litros por segundo. De acordo com o Governo do Estado, as cidades diretamente beneficiadas são: Amparo, Americana, Arthur Nogueira, Campinas, Campo Limpo, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jaguariúna, Jundiaí, Limeira, Louveira, Monte Mor, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Piracicaba, Sumaré, Valinhos, Várzea Paulista e Vinhedo. Já em Guarulhos, o Piscinão RB-05 deverá ocupar uma área de 275 mil m² e terá capacidade para acumular 600 mil m³ de água das chuvas. A obra será feita em área a montante do Ribeirão das Lavras. Somente no piscinão será investido o valor de R$ 157,7 milhões, sendo R$ 136,7 milhões do Governo Estadual e R$ 21 milhões da CAF (Corporação Andina de Fomento).