O governador Geraldo Alckmin assinou na tarde da última sexta-feira (22), durante evento em São João da Boa Vista, um decreto que prorroga por mais 10 anos o prazo para implantação de loteamento de casas populares em área de 26 alqueires da Fazenda Morro Azul, em Espírito Santo do Pinhal.

O ato ocorreu em atendimento ao deputado Barros Munhoz, responsável direto pela doação do terreno ao município, conforme lei aprovada ainda em 2010. Naquele ano, a doação da área foi feita pelo Estado com a condição de que, em até cinco anos, o local recebesse as primeiras 300 unidades habitacionais, com prazos ainda para que a Prefeitura apresentasse estudos de viabilidade técnica e econômica.

Porém, nos anos seguintes, o município não conseguiu dar andamento no assunto e o prazo acabou expirando em julho passado. Com isso, autoridades do município recorreram ao deputado Barros Munhoz, que tomou providências para conseguir a prorrogação do prazo, não por mais cinco, mas por mais 10 anos, de forma a garantir que o local efetivamente possa receber as casas.